Harry Potter e a criança amaldiçoada

Harry Potter e a criança amaldiçoada
J. K. Rowling, John Tiffany, Jack Thorne
Rocco
352 páginas
Ano de publicação: 2016 

Sobre o que é: 19 anos se passaram desde a queda de Voldemort e Harry agora é um cara do Ministério da Magia e pai de 3 filhos. O filho do meio, Alvo Severo, completou 11 anos e está indo pra Hogwarts. Só que seu maior medo se concretiza: ele não vai pra Grifinória, mas sim pra Sonserina. E seu melhor amigo é Escórpio, o filho de Draco Malfoy!  Todos fazem bullying com o menino por ser um Potter sonseriano que não gosta de quadribol e aí o guri faz o quê? Isso mesmo, fica com raivinha do pai e só faz cagada. 

Por que ele é bom? O legal de livros como esse é que a gente mata a saudade dos nossos personagens preferidos. É bacana saber que a Hermione virou Ministra da Magia e que tá todo mundo felizinho com seus pares. Também é ótimo conhecer Escórpio, o melhor personagem do livro inteiro e que total merece ser feliz! ESCÓRPIO, TE DEDICO ♥ Mas é só isso mesmo.

Ah, ele também é bom por ser uma leitura que dá pra fazer literalmente numa sentada, por ser naquele modelo de peça de teatro. Mas tirando isso: sinto muito, J. K., não foi dessa vez.

Por que ele é ruim? Quem ainda não leu o livro e tem pretensões de lê-lo, pode parar por aqui. Quem já leu ou não vai ler mesmo porque já ouviu todos os spoilers possíveis desde que ele foi lançado, continue, porque não há possibilidade de eu falar desse livro ser spoilear tudo.

CONTÉM SPOILERS 

Gente. GENTE. Eu gostaria muito de saber de quem foi a maravilhosa ideia de fazer o Voldemort ter uma filha. Sério mesmo. UMA FILHA. COM A BELLATRIX. Gente. J. K. está caducando, será? Por que diabos Voldemort iria querer ter uma filha? Por que diabos Voldemort, um cara super psicopata e bizarrão que vive atrás da imortalidade, teria uma filha com a Bellatrix, uma bruxa bem mais ou menos, porém louca, que é sua serva e a quem ele despreza tanto que se arrependeu de confiar a ela uma horcrux no cofre da mulher, mas aparentemente é lógico não confiar horcruxes, mas confiar a ela UMA FILHA DO LORDE DAS TREVAS?!

Fora que: VOLDEMORT FAZENDO SEXO. Fiquem com essa cena na cabeça de vocês. Melhor: não fiquem. Eu sinceramente não consigo imaginar Voldemort transando, quiçá tendo excitação sexual. O cara só sente atração pelo podeeeeeer. Se ele fizesse algo sexual com alguém, seria com a Nagini, sua cobra de estimação/horcrux mais próxima. Mas ele e a Bellatrix?


Isso não tem sentido algum!!!!
Além disso ser a coisa mais incoerente de todas, todo mundo ficou extremamente descaracterizado. Harry Potter virou um burocrata do Ministério!!!! Rony virou um palhação que meio que tentou assumir o lugar do Fred, mas falhou miseravelmente no processo!!!! Os filhos dos casaizinhos não fazem nada além de serem irritantes - tirando Alvo e Escórpio, a dupla protagonista.

Aliás, que ideia horrorosa essa de colocar o nome da criança de ALVO SEVERO. Primeiro que tanto Dumbledore quanto o Snape eram escrotos. Ponto. Segundo que isso é um peso enorme em cima de qualquer criança, ainda mais uma criança Potter, que teve de crescer ouvindo histórias de como seu pai é O INCRÍVEL, O ESCOLHIDO, O NÃO-SEI-O-QUÊ. Olha, pesadinho isso. A única coisa sensata no livro todo é a parte em que Harry conversa com o quadro de Dumbledore e o quadro lhe diz que acha que não foi lá uma boa ideia colocar esse nome no guri. ALELUIA, ALGUÉM SE DEU CONTA DISSO.

Agora, vamos ao pior de tudo: os vira-tempos. QUE NEM ERAM PRA TER EXISTIDO, pra começo de conversa. Eles já foram um erro lá no Prisioneiro de Azkaban (que, apesar disso, é o meu livro preferido da saga toda). Por que alguém achou que teriam sido boa ideia agora? Será mesmo que o Alvo e o Escórpio, sendo meninos inteligentes e conhecedores das histórias do passado e do uso de vira-tempos, não se dariam conta de que mudar o passado é sempre uma má ideia porque poderia ter consequências do tipo LORD VOLDEMORT RETORNANDO? Não sei, mas me parece que eles teriam se dado conta disso.


Aliás, não comprei a história de usar o vira-tempo pra trazer o Cedrico de volta. Cês vão me desculpar, mas o guri tá morto há quase 30 anos, deixa estar, quem se importa.

Na real, o conflito todo se dá porque o Harry não é lá muito bom nessa coisa de ser pai e, obviamente, demora horrores pra se dar conta disso. Esse livro poderia se chamar Pais e Filhos já que é conflito de Harry com Alvo, de Draco com Escórpio (mas ainda acho que Draco total se tornou um bom pai, hein) e DA FILHA DO VOLDEMORT QUE SÓ QUERIA CONHECER SEU PAPAI.

Coerência, quem curte.

Você vai gostar se... é muito fã da série e quer demais ler essa oitava história oficial que, na verdade, é apenas uma fanfic ruim assinada pela autora (J. K., você ficou louca?). Mas isso não quer dizer que o livro seja horrível. Já li muita coisa pior. Ele apenas não faz muito sentido com todos os outros sete livros, mas né. Vida que segue, tem outros troféus.

Em um quote:
Eu não escolhi, sabiam disso? Eu não escolhi ser filho dele. 

10 comentários

  1. MEU DEUS.
    É ISSO.
    VOCÊ RESUMIU TIPO TUDO QUE EU PENSEI.

    E cara, eu odiei demais esse livro. Do fundo do coração. Queria des-ler. Acho que a JK tá meio desesperada por dinheiro, ou glória, ou sei lá.

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca ri tanto lendo uma resenha como ri com essa! MEU DEUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS eu tô é rachando com os seus pensamentos ahsdiohasiodhaoishdioasdhiaosd

    ResponderExcluir
  3. Olá! Tudo bem? Eu já assisti todos os filmes, mas ainda falta ler os livros, quero adquirir a coleção completa. Gostei demais da sua resenha.
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Eu nunca li os livros Harry Potter, somente assisti alguns filmes do HP e mesmo assim não gostei tanto. Achei bem divertida a sua resenha, ficou bem legal mesmo. Não sei se algum dia vou ler os livros!
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Olá, nunca li Harry Potter (a série inteira), mas pretendo fazer em breve. Não sei se leria Harry Potter e A criança amaldiçoada, se ele não bate tanto com a série, então acho que não leria.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Eu fui atrás dos spoilers, tenho o livro em casa, mas ainda não li. Por quê? Exatamente por tudo isso que você colocou no post. Prefiro tratar como se fosse um devaneio de uma fanfic mal escrita e pronto.
    Obs: VOLDEMORT FAZENDO SEXO?? EWWWWWWWWWW
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho o livro, e confesso que só vejo negativas sobre o livro, isso me desanima muito, mas em parte eu entendo que é porque todos esperavam que fosse similar aos livros mas não é o caso né. Quem sabe quando eu ler eu tenha uma opinião diferente.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto muito de HP, li a série três vezes, só não leio mais por falta de tempo.
    Mas enfim, em relação a este livro, fico feliz por ter lido spoilers logo após o lançamento, assim economizei dinheiro.
    Acredito que me irritaria com as mesmas situações que você. Não dá para aceitar tanta bobagem num livro.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? A cada vez que vejo uma resenha sobre esse livro, fico com mais medo ainda, mas gente HAHAHAHAHA é tão ruim assim? Confesso que não me sinto tentada a ler um oitavo livro de uma série que amo, e já foi finalizada, porém fico curiosa com essa história. Gostei da sua resenha sincera e bem escrita. Não sei ainda o que pensar, mas até o momento não a li ainda.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu só queria dizer que pra mim a única criança amaldiçoada nessa história é o Alvo Severo que carrega no peso dos nomes e de ser filho do menino que sobreviveu. Essa história ia ser ÓTIMA se essa safada da JK tivesse pedido pra eu escrever, mas nãaaaaaaaao
    Vamos fazer uma fanfic ridícula onde Voldemort faz sexo com Belatrix (The horror)
    Essa véia escreveu tudo isso de trollagem, certeza

    ResponderExcluir